A partir de julho blitze da Lei Seca serão diárias em BH

Após o início das blitze o número de acidentes caíram 15,9% na capital.

A partir de julho blitze da Lei Seca serão diárias em BH

Quem ainda insiste em beber e dirigir vai ter a vida mais difícil a partir de julho. De acordo com a Secretaria de Estado e Defesa Social (Seds), as blitze da campanha "Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida" serão intensificadas pela Polícia Militar de Belo Horizonte. Se há um ano a fiscalização acontecia de quinta-feira a domingo, a partir de julho elas serão realizadas diariamente. O objetivo da campanha é reduzir ainda mais os acidentes de trânsito.

Segundo os dados da Seds, o número de acidentes caíram 15,9% na capital após o início das blitze. Antes da "Sou pela Vida" era registrado média de 18,96 acidentes com vítima por mês em BH. De julho de 2011 até este mês, a média mensal caiu para 15,94 acidentes. Entre os acidentes sem vítima a redução foi de 5,9%, passando de 41,52 para 39,08.

Mais de 20 mil motoristas já foram abordados nas blitze. Destes, 451 foram processados por crime de trânsito, por terem apresentado nível de teor alcoólico no sangue acima de 0,34 mg/l e, consequentemente, perderam o direito de dirigir por um ano, além de terem que pagar multa de R$ 957,70. Outros 1.229 motoristas foram autuados por infração de trânsito, recebendo a mesma punição, exceto o processo criminal.

Com informações da AMMP