Alok anuncia projeto social com seu nome

DJ doou R$ 27 milhões para o Instituto Alok que será lançado oficialmente no próximo sábado.

Alok anuncia projeto social com seu nome
Divulgação

Mesmo vivendo um drama pessoal o DJ Alok anunciou oficialmente o lançamento de um instituto com o seu nome, que combaterá a exclusão social promovendo oportunidades para mulheres e jovens.

O artista que é considerado um dos cinco maiores DJs do mundo doou R$ 27 milhões para o fundo do Instituto Alok. O investimento veio com recursos pessoais e com o sucesso da parceria com o game Garena Free Fire, jogo para smartphone mais baixado nos primeiros nove meses de 2020, onde o DJ tem seu próprio personagem com “poder de cura” e recebe “cifras astronômicas”, segundo o mesmo. 

Em entrevista para o jornalista Léo Dias, Alok falou sobre o desenvolvimento do instituto e sua relevância, “a ideia do Instituto Alok é algo muito importante para mim, pois realmente é uma ideia que dá sentido à minha vida. Eu já tive alguns períodos intensos de depressão por sentir um vazio, até que compreendi que a busca por um propósito em vida essencial. Neste momento comecei a viajar para a África, em Moçambique, e compreender ainda mais a questão filantrópica. Percebi que através da música eu posso construir algo maior, com investimentos sociais a longo prazo”, refletiu.

O instituto será oficializado no próximo sábado (19), durante o Especial de Final de Ano de Alok, intitulado Alive, que terá transmissão gratuita na TV e internet. Ele terá três pilares sociais: Empreendedorismo, Gastronomia Social (segurança alimentar) e Expansão da Consciência (desenvolvimento humano).