Alunos voltam às escolas em Juiz de Fora

Coluna MG - 24 de Janeiro

Alunos voltam às escolas em Juiz de Fora
Escola Municipal Arllete Bastos de Magalhães em Juiz de Fora (Fernando Priamo)

Alunos voltam às escolas em Juiz de Fora

Em pouco mais de duas semanas, cerca de 45 mil alunos que integram a Rede Municipal de Ensino de Juiz de Fora retornarão às aulas presenciais nas 101 escolas pertencentes ao Município e nas 46 creches parceiras, que contam com trabalho desenvolvido por aproximadamente cinco mil profissionais de educação. A definição pela retomada das atividades e o início do ano letivo no próximo dia 7 foi anunciada na última semana. De acordo com comunicado emitido pela PJF, a volta às aulas se dará no modelo presencial não facultativo. Assim, a presença dos alunos da rede municipal nas salas de aula volta a ser obrigatória na cidade. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

402 cidades atingidas pela chuva

O número de cidades mineiras em situação de emergência devido às chuvas intensas das últimas semanas chegou a 402 neste fim de semana, conforme boletim divulgado pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec/MG). Ao todo, 48.607 pessoas foram desalojadas e outras 7.735 estão desabrigadas. Também foram registradas 25 mortes em decorrência das chuvas. Nesta semana, o governador Romeu Zema lançou o plano Recupera Minas, que deve destinar R$603 milhões em recursos estaduais para medidas imediatas ou de rápida implementação. (Jornal Panorama – Baependi)

Prazo para limpeza de lotes

A prefeitura de Conselheiro Lafaiete publicou o Edital de Ordem 2022. Isso significa que os proprietários de lotes vagos particulares urbanos terão que providenciar a limpeza, cercamento e passeio dos mesmos. O prazo para realizar a limpeza é de 15 dias. Quanto ao muro (ou tela) e passeio, o proprietário poderá solicitar até 120 dias para execução dos serviços. Segundo a Lei 5.875/2017, o valor da multa é de 5% do valor venal do lote (lançado no sistema de IPTU), podendo o proprietário receber uma segunda multa de mais 5% referente à falta de cercamento (muro ou tela) e ou passeio. (Jornal Correio – Conselheiro Lafaiete)

Guerra jurídica por aterro sanitário

O município de Bom Jesus do Galho obteve decisão liminar favorável e em regime de urgência em desfavor do município de Caratinga destinada a proibir o município vizinho a recusar os resíduos sólidos urbanos provenientes de Bom Jesus do Galho, autor da ação, sob pena de multa, a ser fixada, bem como responder a pessoa física do prefeito de Caratinga por crime de desobediência e também multa, a ser fixada, até decisão em contrário. Em uma segunda decisão proferida neste fim de semana, o juiz Consuelo Silveira Neto, no plantão da Comarca de Caratinga, determinou a intimação do representante local da empresa que administra o aterro sanitário, a receber as cargas de lixo urbano enviadas por Bom Jesus do Galho. (Diário do Aço – Ipatinga)

Cadastro para castração animal

O Cadastro do Programa Municipal de Castração Animal de Poços de Caldas retorna na segunda-feira, 24, no prédio da Secretaria Municipal de Saúde, na rua Pará, localizada na região central da cidade. O atendimento será nas segundas e terças, a partir das 8h, com 40 senhas disponíveis por dia. A senha é separada por animal e é permitido no máximo duas senhas por pessoa. Os protocolos de segurança, com distanciamento entre pessoas na fila, disponibilização de álcool em gel, medição de temperatura e será permitido somente a quantidade de pessoas na sala de acordo com a capacidade do local, serão seguidos. (Jornal da Cidade – Poços de Caldas) 

Busão social atende moradores

Moradores do bairro Santa Mônica em Uberlândia terão a oportunidade de aproveitar os serviços oferecidos pelo Busão Social da Prefeitura, que vai atender a população na praça Américo Ferreira de Abreu, das 12h às 16h30, a partir desta segunda-feira, 24. O ônibus itinerante da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth) permanece no local até a próxima sexta-feira, 28. O projeto percorre a cidade com equipes do setor de assistência social da Sedesth, que orientam a comunidade sobre inserção em serviços, programas, projetos e benefícios, além de fornecer encaminhamentos para solucionar demandas apresentadas pelos moradores. (Diário de Uberlândia)

Municípios querem usina solar

A Associação Pública dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Consórcio Ameg) realizou, na última semana, em sua sede em Passos, a 182ª Assembleia Geral Ordinária. Em destaque na pauta, a explosão de casos confirmados de covid-19, a necessidade de abertura de novos leitos de UTI para a região. Na ocasião o novo presidente da entidade, Filipe Carielo, apresentou a proposta de criação de uma Usina Fotovoltaica para a AMEG e a criação de frotas de carros elétricos para transporte de pacientes que fazem tratamento fora de domicílio. Outra proposta apresentada durante o encontro foi a criação do Prêmio de Boas Práticas em Gestão na Microrregião do Médio Rio Grande. (A Folha Regional – Muzambinho)