Fiat Pulse chega para ser um divisor de águas

Eis o Fiat Pulse, o novíssimo SUV do fabricante trazendo o inédito propulsor de três cilindros 1.0 turbo e transmissão continuamente variável (CVT)

Fiat Pulse chega para ser um divisor de águas
FIAT

Primeiro SUV da Fiat fabricado no Brasil, o Pulse, conhecido inicialmente por “Progetto 363″, estreou hoje (19) com a missão de instigar os consumidores em meio aos concorrentes. São cinco versões, sendo duas opções de motores e duas de transmissões. “O fato de chegarmos depois nos atribuiu a oportunidade de estudar os rivais do segmento e as necessidades de cada tipo de  cliente”, diz Herlander Zola, do brand Fiat e operações comerciais.

Construído sobre a plataforma MLA (Modular Architecture), a qual utiliza 87% de aços de alta e ultra-alta resistência, o debutante oferta as tão apreciadas qualidades deste tipo de carroceria, como a altura em relação ao solo elevada, a posição de dirigir alta e a versatilidade, seja para andar no asfalto ou enfrentar um fora-de-estrada light.

As proporções revelam 4,099 m de comprimento, 1,774 m de largura, 1,579 m de altura, 2,532 m de entre-eixos, enquanto o porta-malas possui capacidade para 370 litros – o Volkswagen Nivus, por exemplo, oferece 4,266 m, 1,757 m, 1,493 m e 415 litros, respectivamente, para comparar.

O novo SUV da Fiat compartilha as folhas de portas/teto com o Argo, porém, os destaques visuais estão no desenho da grade frontal, no capô alto, nos faróis de LED conectados por um aplique e nas proteções laterais. A traseira alargada exibe lanternas tridimensionais e há opção de teto bitom. A palheta trouxe os novos tons cinza Strato e azul Amalfi.

Ao abrir a porta, a qualidade dos materiais lembra o dos empregados no Jeep Renegade e a ergonomia beneficiada pelos comandos posicionados à mão, os bancos confortáveis dotados de pronunciadas abas laterais, o novíssimo volante de boa empunhadura e o quadro de instrumentos digital pode ser customizado em três modos de visualização (Econômetro, Sport e Performance), além de informar a rota do GPS.

O multimídia com Android Auto/Apple CarPlay, dependendo da configuração (Drive manual, Drive Automático, Drive Turbo 200, Audace Turbo 200 e Impetus Turbo 200), pode ter tela flutuante de 8.4” ou 10,1” e, agora o sistema Connect Me tem integração tanto com Alexa quanto Google Assistant, além do CART, a plataforma de market place da Stellantis. Já o áudio Fiat Sound System é composto por quatro alto-falantes e dois tweeters totalizando 150 WRMS de potência sonora.

Quem viaja atrás encontra apenas um espaço suficiente para as pernas/joelhos por conta dos 2,532 m de entre-eixos e é limitada a área para os ombros com três adultos de estatura mediana no banco traseiro. Um pênalti do Fiat Pulse está na coluna ajustável em profundidade apenas na topo de linha Impetus 200 Turbo.

Habemus o motor tricilíndrico turbo

Sob o capô, o Fiat Pulse pode vir equipado com o propulsor de quatro cilindros 1.3 ou o novo tricilíndrico 1.0 turboflex de até 130 cv de potência e 20,39 kgfm de torque, quando abastecido com etanol. O primeiro associado a caixa manual de cinco marchas na configuração Drive 1.3 manual (R$ 79.990) ou a inédita transmissão continuamente variável (CVT) de sete marchas simuladas nas opções Drive 1.3 Automático (R$ 89.990), Drive Turbo 200 (R$ 98.990), Audace Turbo 200 (R$ 107.990) e Impetus Turbo 200 (R$ 115.990).

Ao volante do Fiat Pulse Impetus Turbo 200, foi feliz o casamento do bloco de três cilindros com injeção direta, turbocompressor trazendo Wastegate eletrônica e sistema MultiAir III (controle mais eficiente das válvulas de admissão) ao câmbio CVT. É um SUV que anda com desenvoltura transmitindo progressividade e o bom funcionamento do conjunto garante espertas acelerações ou retomadas. Outro atributo está nos baixos níveis de vibrações produzidos em marcha lenta e, segundo a marca, a unidade 1.0 turbo flex já está de acordo com as normas do Proconve L7.

O programa Sport, acionado por meio da tecla vermelha no volante, deixa o comportamento do SUV mais ágil e quem desejar uma pitada de esportividade pode fazer mudanças sequenciais pelas borboletas atrás do volante ou na alavanca. A direção assistida eletricamente é rápida ao esterço e as suspensões são elogiáveis, pois elas mostram uma evolução ao conjunto do Argo e a calibração das molas/amortecedores proporcionam uma dinâmica bacana para um utilitário esportivo. Ele aponta a dianteira com facilidade, assim como evita a rolagem da carroceria nas curvas contornadas mais rapidamente.

O comportamento do Fiat Pulse não só agradou no asfalto como também no fora-de-estrada. Embora com tração dianteira, o lançamento possui o sistema TC+ (controle de tração avançado) e até encara um off-road leve devido ao ângulo de entrada de 20,4º, de saída (31,6º), o vão livre de 22,4 cm e a altura em relação ao solo de 19,6 cm. No Fiat Argo Treeking 1.3 é de 21°, 31,1º, 21 cm e 18,7 cm, na ordem. Contudo, “mesmo que disputem um mesmo segmento, eles possuem propostas diferentes”, explica Zola.

Em segurança, entre os itens, estão disponíveis quatro airbags, vetorização de torque, comutação automática dos faróis, frenagem automática de emergência e alerta de mudanças de faixas. Enfim, a Fiat tem um SUV para chamar de seu. Será que vai conquistar os brasileiros? Predicados ele possui e como se sairá em meio aos consumidores serão cenas dos próximos capítulos.


FIAT PULSE IMPETUS 200 TURBO
Preço básico: R$ 79.990 (Pulse Drive 1.3 manual)
Carro avaliado: R$ 115.990

Fiat Pulse Impetus 200 Turbo
Motor: três cilindros em linha 1.0, 12V, turbo
Cilindrada: 999 cm3
Combustível: flex
Potência: 125 cv (g) e 130 cv (e) a 5.750 rpm
Torque: 20,4 kgfm a 1.750 rpm (g/e)
Câmbio: continuamente variável (CVT), sete marchas simuladas
Direção: elétrica
Suspensões: MacPherson (d) e eixo de torção (t)
Freios: discos ventilados (d) e tambor (t)
Tração: dianteira
Dimensões: 4,099 m (c), 1,774 m (l), 1,579 m (a)
Entre-eixos: 2,532 m
Pneus: 205/50 R17
Porta-malas: 370 litros
Tanque: 47 litros
Peso: 1.237 kg
0-100 km/h: 9s7 (g) e 9s4 (e)
Vel. máxima: 187 km/h (g) e 189 km/h (e)
Consumo cidade: 12 km/l (g) e 8,5 km/l (e)
Consumo estrada: 14,6 km/l (g) e 10,2 km/l (e)
Emissão de CO2: 100 g/km*
Nota do Inmetro: B*
Classificação na categoria: B (Médio)*
*estimado 
 

O post Avaliação: Fiat Pulse chega para ser um divisor de águas apareceu primeiro em Motor Show.