Chás como fonte de energia e disposição

Conheça quais os tipos de ervas podem aumentar o ânimo para a realização de atividades físicas

Chás como fonte de energia e disposição
Crédito: Pixabay
redutea
banner redutea
banner redutea

Os chás, de maneira geral, têm a fama de serem calmantes e de combaterem diretamente o estresse e a agitação. Contudo, em meio a tantas opções, poucas pessoas sabem que eles também podem ajudar a revigorar as energias, até mesmo para quem pratica atividades físicas. Mais do que isso, alguns são recomendados por médicos e nutricionistas. É o caso do chá-verde, por exemplo, que funciona como um dos termogênicos mais poderosos da natureza. Essa propriedade significa que ele, literalmente, faz o atleta suar mais, proporcionando a produção de energia vinda da queima de gordura presente no corpo. Em outras palavras: ajuda diretamente no emagrecimento.

O chá de gengibre, por sua vez, tem poder anti-inflamatório, auxilia na recuperação muscular e ainda é um desintoxicante natural. Tudo que uma pessoa necessita antes, durante ou após o treino.

Outro exemplo da bebida que beneficia a atividade física é o chá de cavalinha, um diurético que, por essa razão, faz eliminar toxinas presentes no organismo e diminui a retenção de líquidos. Além disso, ele é capaz de acelerar o metabolismo e melhorar a circulação sanguínea.

Segundo o médico e speaker Lucas Penchel, esses e outros chás, quando associados às atividades físicas, funcionam de maneira complementar no ganho de energia e na perda de gordura, além de serem ótimos para um estilo de vida mais saudável. “Não adianta ingerir esses chás esperando emagrecer sem combiná-los com um exercício aeróbico ou treinamento funcional”, esclarece. “Essas bebidas, especificamente, reúnem outros benefícios para a saúde que vão além do desempenho físico na academia. O chá-verde, por exemplo, diminui o risco de diabetes e combate infecções. Mas se a meta é perder peso, não tem segredo: a atividade faz parte do resultado”, conclui Penchel.