Chuvas deixam BH e região em estado de emergência e a omissão da Prefeitura preocupa a população

Coluna do Vereador Ciro Pereira

Chuvas deixam BH e região em estado de emergência e a omissão da Prefeitura preocupa a população

Nas últimas semanas o Estado de Minas Gerais foi atingido por fortes chuvas que deixaram um rastro de destruição em centenas de cidades, casas e rodovias. Já em Belo Horizonte, o grande volume de água em um curto espaço de tempo causou deslizamentos de terra e alagamentos em todas as regiões da capital, deixando pessoas ilhadas em seus próprios lares.

Todo ano os belo-horizontinos enfrentam essa temporada de chuvas e desastres, e a falta de liderança e preparo para lidar com essas questões se repete continuamente. A área do Córrego Ferrugem em Belo Horizonte e Contagem por exemplo, é uma região assolada por enchentes que causam alagamentos na avenida Tereza Cristina todos os anos, e mesmo sabendo que as chuvas são inevitáveis, este tipo de alagamento poderia ser resolvido com medidas de prevenção e obras de drenagem pluvial efetivas.

Enquanto o governo de Minas se prepara para aplicar R$613 milhões para alcançar as pessoas desabrigadas, o Prefeito Alexandre Kalil levou mais de uma semana para se posicionar e foi o único a não participar presencialmente das reuniões de emergência. O projeto da Vilarinho que solicitava milhões de reais para uma ação que não tinha transparência ou previsão de como seria executada, teve o meu veto e foi um dos exemplos da falta de transparência da Prefeitura, pois as obras posteriormente continuaram sendo realizadas.

A Câmara dos Vereadores devolveu R$100 milhões de reais para a Prefeitura em 2021, então percebemos que não falta verba, mas sim compromisso e competência. Precisamos de políticos que antecipam crises e governam com soluções. No que depender de mim, a fiscalização e a criação de planos de ação para impulsionar a cidade continuarão sendo pautas prioritárias em meu mandato. Chega de deixar a nossa capital nas mãos de quem não sabe trabalhar!

As opiniões contidas nesta coluna não refletem necessariamente a opinião do portal Balcão News.

Qual é a sua reação ao ler esse conteúdo?

like
0
dislike
1
love
0
funny
0
angry
0
sad
0
wow
0
Ciro Pereira nasceu em Belo Horizonte, em 1991, é casado com Marcela e pai da Giovana. Cristão, é filho do Pastor Jeremias e membro da 8ª Igreja Presbiteriana. Desde a adolescência tem o propósito de ser relevante no desenvolvimento de sua cidade e investiu em sua formação como empreendedor. Graduado em Administração de Empresas pela Fumec e especialista em Gerenciamento Estratégico Internacional pela Seda College, na Irlanda, possui ampla experiência como empreendedor e consultor, com passagem pela Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Minas Gerais (Federaminas). É fundador do projeto Grão – Uma semente por vez, que faz a ponte entre voluntários e empresários. Eleito para seu primeiro mandato em 2020, Ciro Pereira contou com o apoio de 4340 eleitores, que acreditam em seus pilares de atuação nas frentes de geração de emprego, defesa da família e empreendedorismo. É membro de duas comissões: Meio ambiente e política urbana e Enfrentamento à Covid-19, e presidente da Comissão Especial de Estudo - Assuntos Internacionais.