Com a calculadora na mão, Cruzeiro enfrenta o Santos em busca da permanência na A1

Cabulosas brigam pela vaga na elite com Minas Brasília, Botafogo e São José

Com a calculadora na mão, Cruzeiro enfrenta o Santos em busca da permanência na A1
Equipe celeste precisa da vitória ou de tropeços dos adversários diretos Crédito: Bianca Crispim / Cruzeiro
redutea
banner redutea
banner redutea


O Cruzeiro entra em campo amanhã (24) para definir ou não a permanência no Brasileiro A1. As Cabulosas enfrentam o Santos, às 15h, na Vila Belmiro, em São Paulo. Em 11º lugar, com 12 pontos, as cruzeirenses disputam a vaga na elite nacional com o Minas Brasília, o Botafogo e o São José. O Minas é o 12º colocado, com 11 pontos. Botafogo (13º) e São José (14º) possuem 10 pontos.

Uma vitória diante da equipe paulista, que possui a terceira melhor campanha da competição, assegura a vaga para a equipe mineira. Um empate, acompanhado de tropeços do Botafogo e do São José, também garante a permanência da equipe cruzeirense. Em caso de derrotas, o Cruzeiro precisaria de torcer por derrotas de pelo menos dois dos adversários diretos.

Para esse jogo, o treinador Rodrigo Campos poderá contar com o retorno de Duda. A cruzeirense foi desfalque na vitória contra o Bahia, por 4 a 0, no último domingo. O confronto desta quinta-feira terá a transmissão da CBF/TV.

América e Atlético avançam na série A2 e já conhecem adversários
Spartanas enfrentam o Vasco, enquanto Vingadoras encaram o Iranduba

Spartanas venceram a Chapecoense e conseguiram avançar na competição.
Divulgação/América-MG

As equipes mineiras confirmaram presença nas oitavas de final do Brasileiro A2. Com a campanha invicta na fase de grupos, com 5 vitórias em 5 jogos, o Atético vai enfrentar o Iranduba, do Amazonas. Já o América, que se classificou como um dos melhores terceiros colocados , vai enfrentar o Vasco, do Rio de Janeiro.

Nesta fase, conforme regulamento, não contará o gol qualificado. Logo, empate no placar agregado ao fim das duas partidas leva a decisão da vaga para os pênaltis. Os jogos serão disputados após as Olimpíadas de Tóquio. Os quatro semifinalistas conquistam o acesso à elite do futebol feminino do Brasil em 2022.