Como interferir no caos

Na Teoria do Caos, existem 3 momentos que podem ser comparados com nossas atitudes

Como interferir no caos

Edward Lorenz, um meteorologista e filósofo americano disse que “um simples bater de asas de uma borboleta no Brasil, pode provocar um tornado no Texas.” Para ele, o criador da Teoria do Caos, qualquer fato, por mais insignificante que pareça, pode provocar mudanças de proporções colossais. Veja o exemplo simples: Você está no ponto de ônibus e, quando ele chega, você deixa cair alguma coisa que o impede de entrar naquele ônibus, ocupado com a tarefa de procurar ou juntar aquilo que deixou cair. Você terá que esperar por outro. Aí, nesse outro você encontra uma pessoa interessante, começa a conversar e o bate-papo acaba em namoro, noivado e casamento. Certamente, se não tivesse perdido aquele ônibus anterior, não teria a família que tem agora. Você talvez diga que as coisas não acontecem por acaso e eu digo que sim, mas esse acaso faz parte de algo de deve fazer um sentido maior. Na Teoria do Caos, existem 3 momentos que podem ser comparados com nossas atitudes:

  1. Ponto imóvel. É quando nada acontece pois não provocamos nenhum movimento. Estamos na inércia.
  2. Movimento previsível. É aquele que fazemos repetidamente, e que dificilmente provocará qualquer alteração em cadeia.
  3. Caos total. É quando tomamos atitudes, decisões e caminhamos interferindo com nossas vidas e as vidas de outros.

O importante é tentarmos minimizar as consequências negativas dessas atitudes e movimentos. É óbvio que jamais teremos o controle das reações desencadeadas por quaisquer ações realizadas por nós. Portanto, para que, ao menos os desdobramentos de nossas atitudes sejam dentro de uma intenção positiva, temos que procurar agir de maneira firme, legítima e honesta. O "start" de uma reação deve ser pleno de energia positiva e vigorosa. Com isso, a vibração irá reverberar também positivamente. Dizem que o inferno está cheio de boas intenções. Isso quer dizer que não basta termos boas intenções. Temos que colocá-las em prática procurando sempre a melhor maneira de evitarmos consequências contrárias à elas. Seja positivo em suas atitudes e seja gentil ao executá-las. O universo irá responder positivamente pois ele retorna de forma poderosa a tudo que você transmite à ele.

As opiniões contidas nesta coluna não refletem necessariamente a opinião do portal Balcão News.

  • Andréa Vilaça
    Andréa Vilaça
    Excelente!! É bem isso mesmo...Pode realmente haver ordem no caos. E harmonia!
    7 months atrás Responder  Curtir (2)

Qual é a sua reação ao ler esse conteúdo?

like
0
dislike
0
love
1
funny
1
angry
0
sad
0
wow
2
Ricardo Souza é escritor, mentor de escritores, palestrante publicitário, editor do Selo Editorial Neblina Negra e da Lenari Editores Associados. Dirigiu agências de publicidade no Rio e em São Paulo, como diretor de criação e operacional. Professor convidado em cursos de graduação e pós-graduação. Foi colunista em vários jornais e country manager em empresa internacional de mídia impressa. Tem livros publicados e participa de várias antologias. Tem mais de 1.000 alunos formados em seus cursos e workshops de escrita criativa.