É hora de reagir, e El Turco precisa se explicar

Coluna Alma Alvinegra - Guto Galo

É hora de reagir, e El Turco precisa se explicar
Pedro Souza / Atlético

Vivendo um período de instabilidade o Galo luta para voltar ao alto nível de atuação que terminou o ano de 2020. O trabalho de El turco Mohamed vem sendo contestado, e o time precisa reagir com urgência. Em campo o alvinegro realmente se mostra mais desorganizado e sem a mesma força do ano passado. Não há como não enxergar que El Turco geralmente mexe muito mal na equipe, e isso leva a que essa contestação do seu trabalho seja legítima. E como disse, isso se soma a uma desorganização generalizada demonstrada pela equipe em campo. Toda esta pressão se mostrará ainda maior na partida deste sábado, diante do Atlético Goianiense. Apesar de vir de um bom segundo tempo contra o Bragantino, o primeiro tempo horroroso do Galo põe a torcida temorosa em relação a qualquer partida.

O resultado em si, do jogo contra o Bragantino, não foi de todo ruim por se tratar de uma equipe qualificada e que lutará por posição no G6. Mas as atuações desastrosas contra Goiás, Coritiba e América fazem com que essa pressão seja grande, e só aumente caso não venha uma vitória diante dos goianienses. Outro fator que chama muito a atenção nas atuações do Galo é a condição física. O Galo foi um time que voou fisicamente ano passado, e que se impunha muito diante dos adversários pela condição física, principalmente no final dos jogos. Esse ano a equipe tem literalmente morrido no segundo tempo, onde se vê claramente uma queda brusca da condição física. Na partida contra o Del Valle, pela Libertadores, a equipe morreu com 35 minutos de jogo. Claro que a altitude faz diferença, mas não da forma que foi. Aí veio outra falha grotesca de El Turco, ao fazer substituições somente aos 30 do segundo tempo.

O Time jogou 45 min totalmente à mercê do Del Valle, sem que o treinador fosse capaz de enxergar e substituir aqueles que estavam desgastados. Fato é que o Galo precisa reagir, tecnicamente e fisicamente, ou será muito difícil segurar El Turco a frente da equipe. Particularmente não acho que seja hora para troca no comando, mas o treinador tem sim que ser cobrado e muito. Foco nos goianienses que essa vitória virá.

Vaaaaamos Gaaaalo!!!!

As opiniões contidas nesta coluna não refletem necessariamente a opinião do portal Balcão News.

Qual é a sua reação ao ler esse conteúdo?

like
3
dislike
0
love
3
funny
1
angry
0
sad
0
wow
1
Guto Galo é atleticano de nascença, um sentimento forjado nas arquibancadas do Galo. Ser atleticano é algo que transcende o torcer para um time. Uma paixão enlouquecida, que faz de nós admirados e temidos por todos. Leia sua coluna quinta-feira no Balcão News!