El Turco não é técnico para o Galo. Vão esperar o desastre acontecer?

Coluna Alma Alvinegra - Guto Galo

El Turco não é técnico para o Galo. Vão esperar o desastre acontecer?
Pedro Souza / Atlético

O Galo vive um momento complicado e de muitas incertezas. Infelizmente o trabalho de El Turco Mohamed vem se mostrando fraco. Por mais que tenha trazido o Galo até as oitavas da Libertadores, às oitavas da Copa do Brasil, a 6° colocação no Brasileiro tem gerado muita insatisfação por parte da torcida.

A verdade é que o futebol ruim, com uma defesa muito frágil e um ataque inoperante, vem provando que o trabalho está desmoronando. Os jogadores estão claramente desmotivados, e o treinador argentino cada vez mais perdido. Se as escalações muitas vezes são incoerentes, a falta de leitura de jogo e substituições medonhas nos apavoram. A gota d’água foi a vexatória goleada para o Fluminense, com uma passividade assustadora do treinador na beirada do campo.

É realmente inadmissível, vindo do time que ganhou tudo ano passado, que seu comandante se comporte daquela forma quando sua equipe é massacrada por uma equipe mediana como o Fluminense. Ser o “amigão” dos jogadores não basta para comandar uma equipe da qualidade que o Galo tem hoje, mas sim uma grande gestão de grupo e conhecimento técnico.

Enquanto El Turco mantinha a estrutura deixada por Cuca, combinada aos jogos pelo fraquíssimo campeonato mineiro, o futebol fraco e burocrático ficou enganando. Agora, com competições mais fortes e exigentes, após ele fazer seus ajustes (bem ruins por sinal), a realidade bate à porta. El Turco não é treinador para o Galo. Outro fator preocupante é a passividade com que a diretoria vem se posicionando. Os 4Rs, que ano passado protagonizaram uma ação de apoio para o crescimento do Galo, neste ano se omitiu até o momento. Até aqui só se preocuparam com venda de shopping, largando o Galo à deriva.

Quem poderia ser o sucessor de El Turco Mohamed? Falam em Renato Gaúcho e Odair Hellmann, que a mim não agradam muito. Até acho o Renato um técnico, mas me preocupa a falta de compromisso, como mostrou no Flamídia. Odair Hellmann é brincadeira de mau gosto. Na minha humilde opinião, tentar tirar o Vojvoda, que balança no Fortaleza, seria uma boa opção. Além de ser bom técnico, está adaptado ao futebol brasileiro e conhece o elenco atleticano. A vaca está deitando, e está mostrando que vai deitar, mas a diretoria fica passiva esperando o desastre acontecer primeiro.

Acoooooooorda Galo !!!