FIEMG compra 5 mil colchões para doação a atingidos por chuvas na Grande BH

Entidade já entregou 20 mil cestas básicas e 5 mil kits de higiene pessoal em diversas regiões mineiras

FIEMG compra 5 mil colchões para doação a atingidos por chuvas na Grande BH
Bombeiros

Em continuidade ao trabalho de pronta-resposta à tragédia causada pelas chuvas em Minas, o Sistema FIEMG adquiriu 5 mil colchões para doação a moradores atingidos pelas tempestades, especialmente nas cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Além disso, a entidade entregou 20 mil cestas básicas e 5 mil kits de higiene pessoal em diversas regiões mineiras, além de 25 mil litros de leite.

A compra dos 5 mil leitos foi aprovada pelo presidente da FIEMG, Flávio Roscoe, e será custeada com recursos próprios e de empresas do Conselho Estratégico da entidade. O material será encaminhado a desabrigados das localidades mais atingidas, com foco na Grande BH. A expectativa é que a distribuição tenha início a partir da próxima segunda-feira, 18.

Em relação aos envios já feitos, a FIEMG despachou 11.500 pacotes alimentares para Montes Claros, no Norte de Minas, nessa terça-feira (11/01). O trabalho, iniciado no fim de dezembro e também viabilizado com os recursos citados, servirá para atendimento a moradores de 106 cidades dessa região e do Vale do Jequitinhonha.

Além disso, outras 8,5 mil cestas básicas (totalizando 20 mil pacotes de alimentos) e 5 mil kits de higiene pessoal já foram entregues no depósito da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), do Governo de Minas, na capital, e começaram a ser encaminhados, na segunda-feira (10/01), para atendimento a 45 cidades das regiões Metropolitana de BH, Sul, Vale do Aço e Centro-Oeste - também atingidas por temporais.

A FIEMG ainda arrecadou mais de 25 mil litros de leite, que foram fornecidos por empresas associadas ao Sindicato da Indústria de Laticínios do Estado Minas Gerais (SILEMG). O alimento segue em entrega nesta semana, sobretudo, para municípios das regiões Norte, Vale do Jequitinhonha e RMBH.

Para todas as doações, a entidade lembra que a definição de quais cidades serão beneficiadas com os donativos é feita pela Defesa Civil estadual.

Chuvas

O atual período chuvoso, iniciado em outubro de 2021, causou diversos transtornos em cidades mineiras. Até esta quarta-feira (12/01), segundo a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), 24 pessoas morreram, 13.992 cidadãos ficaram desabrigados e 24.610 desalojados. Além disso, o número de municípios em situação de emergência devido aos temporais subiu para 341.