Galoucura cobra jogadores em balada

Integrantes da torcida organizada abordaram Marrony e Borrero em uma festa esta madrugada.

Na madrugada de hoje integrantes da Torcida Organizada Galoucura, do Atlético, foram até uma festa onde estavam dois jogadores do elenco alvinegro, o atacante Marrony e o meio-campista Dylan Borrero, cobrar explicações da presença de ambos em uma “balada” em meio a pandemia.

Recentemente o clube sofreu com um surto e teve mais de dez jogadores contaminados, além da camissão técnica e diretoria, o que interferiu diretamente na escalação do time nas últimas três rodadas. Com isso o rendimento da equipe caiu e conquistou apenas 4 pontos dos 9 disputados na luta pela liderança.

Em tom ríspido e de muitas ofensas, os torcedores questionaram os dois jogadores, que tentaram explicar, inclusive Marrony alegou que já foi contaminado pela Covid-19 e teve sua máscara retirada por um dos integrantes da Galoucura. Borrero foi cercado e ofendido aos gritos de que não jogará mais no clube e que o Atlético não é Colômbia.