João Vitor Xavier quer devolver a representatividade à “Feira Hippie”

Candidato conversou com expositores da Feira da Afonso Pena para entender as principais demandas.

João Vitor Xavier quer devolver a representatividade à “Feira Hippie”
Rafael D'Souza

O candidato à prefeitura de Belo Horizonte João Vítor Xavier e o seu vice Leonardo Bortoletto se reuniram na manhã desta segunda feira (19) com expositores da “Feira Hippie”, considerada por muitos patrimônio turístico e cultural da cidade. O encontro foi no auditório do comitê de campanha com o objetivo de ouvir e entender as principais demandas do setor e traçar ações que recuperem a expressividade da feira. Diante da pandemia do novo Coronavírus, a tradicional feira ficou sete meses sem ser realizada e os feirantes encontram diversas dificuldades nesta retomada, alegando falta de diálogo entre prefeitura de BH e expositores. Marquinhos, expositor de calçados há 35 anos, pediu ao candidato a devolução de voz a eles. “Precisamos que a prefeitura nos ouça, para que nós possamos voltar a ser o que éramos anos atrás”.

João Vítor Xavier comentou sobre a proposta de estender as atividades dos feirantes para outros pontos da cidade, em dias alternativos com o objetivo de aumentar o poder de movimento da economia. “Belo Horizonte merece muito mais que isso, não podemos continuar perdendo nossos patrimônios culturais, gastronômicos, de turismo e de negócios. Queremos que as atividades que movimentam a economia se expandam e que sejam valorizadas, legalizadas".

O candidato também defendeu que é preciso identificar e fortalecer a vocação de Belo Horizonte voltada para a cultura, a gastronomia e o turismo da saúde, adotando medidas de fomento a essas atividades. "Nós temos que desenvolver uma política proativa para atração de eventos, reestruturar o calendário de eventos, fortalecendo a vocação de Belo Horizonte como cidade receptiva e polo de eventos culturais e artísticos, estimular a utilização dos parques e praças da cidade para a realização de eventos culturais, gastronômicos, fortalecer Belo Horizonte como 'hub' turístico regional, potencializando a relação com cidades vizinhas de grande potencial para atração de visitantes”, finalizou.