Mente aberta para os negócios

Jovens entre 19 e 30 anos foram os que mais abriram empresas durante o isolamento social.

Mente aberta para os negócios

Um levantamento da Serasa Experian mostra que de janeiro a agosto deste ano foram abertas 2.195.945 empresas no Brasil e, desse total, os jovens entre 19 e 30 anos foram responsáveis por 35% das novas instituições. Este período ficará marcado para a eternidade como a chegada do novo Coronavírus no país, e sem dúvida a necessidade de ficar em casa interferiu nos números. Mentes fervendo com a possibilidade de um novo cenário pós-pandemia e a busca por investimento no próprio sonho.

“Passado o susto inicial, as pessoas retomaram seus planos de ter o próprio negócio. Garantir a abertura de um negócio foi a alternativa de muitos empreendedores não só para ter uma renda, mas também para aproveitar as oportunidades que surgem nas crises”, destaca Luiz Rabi, economista da Serasa Experian.

Minas Gerais é o segundo estado com mais aberturas de empresas:,11%, seguido do Paraná com 7%. São Paulo permanece liderando com mais que o dobro dos mineiros, 28,8%. Para Luiz o crescimento entre uma faixa etária baixa vem também da falta de oportunidades para os mais novos, “Hoje, o jovem tem mais disposição para desafios e está menos disposto a se manter em um emprego que não tenha a ver com o que ele acredita. Além disso, o mercado formal de trabalho também está difícil para os jovens, que acabam indo para o empreendedorismo”.