Missão possível: Toyota Yaris linha 2023

A Toyota lança a linha 2023 do Yaris para que o modelo incorpore o “status” de “carro de entrada” da marca no Brasil

Missão possível: Toyota Yaris linha 2023
Divulgação
Missão possível: Toyota Yaris linha 2023
Missão possível: Toyota Yaris linha 2023
Missão possível: Toyota Yaris linha 2023
Missão possível: Toyota Yaris linha 2023
Missão possível: Toyota Yaris linha 2023
Missão possível: Toyota Yaris linha 2023

Em março de 2021, uma decisão da Toyota do Brasil acabaria redefinindo os rumos do Yaris no país. A marca resolveu encerrar a oferta do compacto Etios para o mercado brasileiro, mantendo o modelo em linha na fábrica de Sorocaba (SP) apenas para exportação a alguns países da América do Sul. Com isso, o compacto Yaris, produzido no Japão a partir de 1999 e que desde 2018 passou a ser fabricado também em Sorocaba, assumiu um novo protagonismo dentro do portfólio. Ao herdar a estratégica função de “carro de entrada” da Toyota, passou a dividir os melhores lugares nas vitrines das concessionárias com as três grandes estrelas da marca: a picape média Hilux, com 3.824 emplacamentos mensais em 2021, o sedã médio Corolla, com 3.491 vendas mensais, e o utilitário esportivo médio Corolla Cross – que começou a ser vendido em abril e, nos últimos nove meses do ano, obteve a média de 3.806 unidades. Para enfrentar os concorrentes – especialmente o recentemente renovado City da arquirrival Honda –, o Yaris antecipou a apresentação da linha 2023 tanto do hatchback quanto do sedã, que já desembarcaram nas concessionárias na semana passada. A meta é superar o desempenho de 2021 e se aproximar dos três “puxadores de vendas” da marca. De janeiro a dezembro, o Yaris teve 21.126 unidades emplacadas da configuração hatch, enquanto a sedã fechou com 12.436, com médias mensais de 1.760 e de 1.035 emplacamentos, respectivamente.

Para alcançar um volume de vendas equiparável aos da Hilux e dos dois Corolla, a Toyota investe em uma discreta reestilização visual na linha 2023 do Yaris, que também incorpora mais equipamentos e tecnologias. O compacto estará disponível nas versões XL, XS e XLS nos dois tipos de carroceria, todas equipadas com a transmissão automática CVT com simulação de 7 marchas. Todas as versões passam a contar com o motor 1.5L Flex Dual VVT-i – antes, a família utilizava um propulsor 1.3 nas configurações de entrada. Os preços do novo Yaris são de R$ 92.190 na XL hatch e de R$ 93.390 na sedã, de R$ 101.490 na XS hatch e de R$ 104.990 na sedã e de R$ 112.690 nas topos de linha XLS hacth e de R$ 116.990 sedã. O mix de vendas previsto para as configurações, nos dois tipos de carroceria, é de 25% nas XL, de 50% nas XS e de 25% nas XLS. A gama de cores do novo Yaris são vermelho (para as hatchback), polar, Cinza Granito, Prata Lua Nova, Preto Infinito, Azul Titã e Branco Lunar para todas as versões. Assim como os demais veículos da marca Toyota no Brasil, o novo Yaris conta com garantia de cinco anos ou de 150 mil quilômetros (o que ocorrer primeiro). Até os 60 mil quilômetros, o valor da revisão é de R$ 4.309.

A Toyota caprichou no visual frontal do novo Yaris, deixando o carro com um estilo bem mais esportivo e agressivo, sem perder a elegância de um veículo para a família. As linhas ficaram mais fluidas e seguem o aspecto racional de uma

categoria superior, com os para-choques dianteiros redesenhados. Já as rodas, de 15 polegadas, receberam o novo desenho dual tone nas versões de topo de linha tanto do hatch quanto do sedã. Para destacar a inspiração em um segmento superior, como o dos Corolla, todas as versões do Yaris 2023 contam com DRL (luzes de circulação diurna) em leds. Os faróis de neblina passam a ser em leds nas configurações XLS. Não houve qualquer alteração na traseira, em ambas as configurações.

O Yaris 2023 oferece novos modos de condução para todas as versões. No “Sport”, o motorista muda a calibragem da transmissão, deixando as curvas de aceleração mais curtas e com respostas mais rápidas. Para quem busca mais economia, o modo “Eco” prioriza o baixo consumo de combustível e uma condução mais eficiente. Conforme o Inmetro, com gasolina, as configurações hatch fazem 12,6 km/l na cidade e 13,8 km/l na estrada, enquanto as sedãs, com o mesmo tipo de combustível, fazem 12,2 km/l na cidade e 13,6 km/l na estrada. Com câmbio tipo CVT em todas as variantes, as XS e XLS contam ainda com “paddles shifts” localizados no volante para trocas de marchas sequenciais comandadas pelo motorista. Algumas alterações foram feitas na calibração do motor e no sistema de armazenagem de combustível para redução das emissões de poluentes sem perder potência, que segue com 110 cavalos a 5.600 rotações por minuto e 14,9 kgfm de torque a 4 mil giros quando abastecido com etanol e 105 cavalos a 5.600 rpm e 14,3 kgfm de torque a gasolina, também a 4 mil giros.

Em termos de segurança, o Yaris traz desde seu lançamento no mercado nacional equipamentos como controles de tração e de estabilidade, assistente de subida em rampa, freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD) e assistente de frenagem (BAS), cintos de segurança de três pontos e apoios de cabeça para todos os ocupantes e Isofix com ancoragem Top Tether de cadeiras infantis. Agora, toda a linha Yaris sai de fábrica com sete airbags (um de joelho, dois frontais, dois laterais e dois de cortina) e avisos sonoros de cinto de segurança para passageiros traseiros. Para as versões XS e XLS, foram incorporados dois sistemas de segurança ativa da Toyota: o de Pré-Colisão, que emite um alerta sonoro e visual ao motorista, fornecendo uma carga extra no sistema de frenagem, podendo auxiliar na redução da velocidade do veículo em caso de impacto, e o de Alerta de Evasão de Faixa – emite um alerta sonoro quando o motorista sai da faixa de rolagem sem ligar os indicadores de mudança de direção (setas).

Ajustes internos

No interior, o Yaris 2023 incorpora um novo estilo no revestimento dos bancos das versões XL e XS e a cor Dark Silver nos acabamentos, garantindo uma sensação de sofisticação aos ocupantes. Na central multimídia, todas as configurações, incluindo agora a de entrada XL, contam com tela de 7 polegadas sensível ao toque, compatível com Android Auto e Apple CarPlay. Os passageiros do banco traseiro têm também duas entradas USB para carregamento de celulares e demais equipamentos eletrônicos. As XS e XLS somam ar-condicionado automático e digital, com filtro antipólen.

Nas duas versões topo de linha, os consumidores têm uma visão privilegiada, graças ao teto solar elétrico, com acionamento “one touch” e função antiesmagamento. Nas XS e XLS, o computador de bordo tem visor multifunção em tela de 4,2 polegadas em TFT de alta resolução com 16 funções: intensidade de brilho da tela, hodômetro total e parcial, tempo decorrido, consumo médio e instantâneo, autonomia, velocidade média, relógio, temperatura externa, posição de marcha, nível de combustível, velocímetro digital, Eco Wallet (dispositivo que calcula o consumo conforme o estilo do motorista), luz de condução econômica e ranking de eficiência com histórico de consumo.

Ficha Técnica

Toyota Yaris 2023

Motor: 1.5L Dual VVT-i, aspirado, 1.496 cm3

Potência: 110 cavalos a 5.600 rpm (etanol), 105 cavalos a 5.600 rpm (gasolina)

Torque: 14,9 kgfm a 4 mil rpm (etanol), 14,3 kgfm a 4 mil rpm (gasolina)

Transmissão: CVT com 7 marchas simuladas

Tração: dianteira

Suspensão: dianteira tipo MacPherson com barra estabilizadora, traseira, eixo de torção com barra estabilizadora

Direção: eletroassistida progressiva

Tanque de combustível: 45 litros

Freios: dianteira disco ventilado, traseira a tambor, com ABS, BAS e EBD

Rodas e pneus: 15 polegadas de liga leve, pneus 185/60 R15 (pneus verdes)

Hatchback

Dimensões: 4,14 metros de comprimento, 1,73 metro de largura, 1,49 metro de altura, 2,55 metros de entre-eixos

Porta-malas: 310 litros

Peso em ordem de marcha: 1.125 quilos

Sedã

Dimensões: 4,42 metros de comprimento, 1,73 metro de largura, 1,49 metro de altura, 2,55 metros de entre-eixos

Porta-malas: 473 litros

Peso em ordem de marcha: 1.130 quilos