Moro: Bolsonaro “enfim admitiu” que nunca defendeu combate à corrupção

O ex-ministro comentou declarações do presidente de que não fez campanha usando como pilares combate à corrupção e defesa da Lava Jato

Moro: Bolsonaro “enfim admitiu” que nunca defendeu combate à corrupção
Rafaela Felicciano/Metrópoles

Antes aliado de Jair Bolsonaro (PL), o ex-ministro da Justiça Sergio Moro usou as redes sociais na tarde desta terça-feira (12/1) para fazer novas críticas ao presidente.

Moro comentou uma notícia sobre uma entrevista de Jair Bolsonaro ao site bolsonarista Gazeta Brasil, na qual o presidente afirmou que o pilar de sua campanha em 2018 não foi o combate à corrupção, muito menos a defesa da Operação Lava Jato.

“Bolsonaro enfim admitiu ontem que nunca defendeu o combate à corrupção e a Lava Jato”, disse o possível candidato à presidência pelo Podemos. “Era só mais um discurso do seu estelionato eleitoral”, finalizou.

Essa não é a primeira vez que o ex-juiz e o presidente trocam farpas. Recentemente, Moro chamou Bolsonaro de mentiroso. O presidente também fez declarações contra o ex-ministro, afirmando que Moro “passou a achar que era o dono do ministério”, além de acusar o possível adversário nas eleições de ter usado a pasta a favor de seus propósitos de poder.

Fonte: Metrópoles