Não existe terceira via

Walter Nery comenta a viagem do Presidente Jair Bolsonaro e dispara: "Falar em terceira via não é apenas ingenuidade e alienação política, é querer manter o país no atraso e obscurantismo de décadas"

Não existe terceira via

A visita do Presidente Bolsonaro ao mundo árabe está sendo um grande sucesso, como já era esperado.

Em Dubai, maior cidade dos Emirados Árabes Unidos, conhecida mundialmente por sua economia extremamente desenvolvida, e tida como a nova Fenícia na história da humanidade (alusão ao centro de comércio do mundo, no período de 1500 a.C. a 300 a.C.), o Brasil está mostrando ao mundo todo seu potencial econômico, que certamente deverá atrair bons negócios para o país.

No dia da proclamação da República, Bolsonaro participou do Fórum Invest in Brasil, acompanhado de 300 empresários brasileiros. Participaram também os Ministros Paulo Guedes (Economia), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), Tereza Cristina (Agricultura), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Carlos França (Relações Exteriores), Gilson Machado (Turismo), Braga Neto (Defesa), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), além do Governador Romeu Zema (MG).

No evento em Dubai, por onde passa todo o comércio que une o Oriente ao Ocidente, o Brasil demonstrou sua enorme capacidade de ampliar o mercado no cenário mundial e não ficar dependente da China, o que revela uma estratégia inteligente, acertada e coerente do governo federal.

A visita ao Oriente Médio ainda inclui a ida ao Bahrein e ao Catar, países que também são importantes para alavancagem das exportações de produtos agrícolas e de defesa nacionais, além de atrair recursos para concessões de infraestrutura.

Enquanto isso, em discurso no Parlamento Europeu para uma reduzida platéia, o ex-presidiário cachaceiro, viajando acompanhado de sete seguranças e assessores pagos pelo contribuinte brasileiro, continua dando sinais de sua incontestável demência e torpeza. Em seu habitual tom ébrio, referiu-se ao trabalho do melhor presidente que o país já teve, declarando: “Bolsonaro quer destruir o que nós destruímos”. Um autêntico débil mental!

Por aqui, a prorrogação da desoneração da folha de pagamento, anunciada pelo PR na semana passada por mais dois anos, favorece e estimula a geração de empregos, porque ao invés das empresas pagarem mais imposto pelo número de empregados, mantêm a opção de pagar o imposto de acordo com seu faturamento, o que permite ampliar a oferta de pelo menos mais 6 milhões de empregos no Brasil nos próximos dois anos.

Mas a resistência dos esquerdistas sociopatas continua, desesperados com o desenvolvimento da nação.

O Ministro Barroso, do STF, servindo como instrumento dos partidos minoritários de esquerda, que não têm voto nem na Câmara nem no Senado, caminha em sentido contrário ao crescimento da economia. Derrubou, liminarmente, portaria do Ministério do Trabalho e Previdência Social, que proibia a demissão de trabalhador que não apresentasse o passaporte da vacina. Barroso e seus amiguinhos esquerdopatas não suportam mais ver o país crescer e prosperar no governo Bolsonaro.

E por falar em liminar do STF, a decisão monocrática do Min. Alexandre de Moraes, que impediu a construção da FERROGRÃO no início do ano, importante ferrovia que acabaria com os problemas da BR 163 para escoar produtos entre o Norte e o Sul do país, continua valendo. A FERROGRÃO é um projeto do governo federal, com quase 1000 km de extensão, ligando Sinop (MT) ao Porto de Miritituba, no Pará. Estava tudo pronto para o leilão da obra, mas o Ministro do STF, a pedido do PSOL, suspendeu a licitação em Março deste ano, travando todo o processo. A liminar continua vigente, sem previsão de análise pelo plenário daquela Corte.

E ainda tem gente que acredita que os problemas do país vão desaparecer com a conhecida juizite de Sérgio Moro, nosso decadente ex-herói nacional, que não sabe nada dos problemas do Brasil, sem nenhuma sustentação política, e cuja ostentosa filiação ao Podemos não passou de um balão de ensaio fracassado. Um foguete molhado, sem qualquer alcance nem envergadura, que pretende voar alto como uma águia, mas com asas de borboleta.

Só não vê quem não quer. Falar em terceira via não é apenas ingenuidade e alienação política, é querer manter o país no atraso e obscurantismo de décadas, aceitando e permitindo a volta da esquerda ao poder e o retorno da corrupção de governos anteriores. Os verdadeiros inimigos do país não estão no governo, mas sim na oposição apátrida e desvirtuada, que luta incessantemente para travar o crescimento dessa grande nação!

As opiniões contidas nesta coluna não refletem necessariamente a opinião do portal Balcão News.

Qual é a sua reação ao ler esse conteúdo?

like
4
dislike
1
love
4
funny
0
angry
0
sad
0
wow
2
Walter Nery é Formado em Jornalismo pela PUC-MG, trabalhou nas seguintes emissoras : Rádio Capital - repórter e editor; TV Globo - apurador, produtor, repórter e editor de texto; TV Bandeirantes - repórter. - Formado em Direito pela Universidade Fumec - BH(MG): Advogado atuante nas áreas cível, trabalhista, penal e previdenciário. - Foi candidato a Deputado Federal pelo NOVO, nas eleições de 2018. Leia sua coluna toda quarta-feira no Balcão News!