O lindo balé das baleias jubartes impressiona na Bahia! Confira no vídeo

Mais de 20 mil baleias passam pelo país com o ritual anual de acasalamento e reprodução na costa

As águas quentes e calmas do litoral baiano são o palco do show das baleias jubartes, que entre os meses de julho e novembro, viajam quase dois meses, da Antártida até o Brasil, para acasalar, reproduzir, e realizar maravilhosas coreografias no oceano, deixando encantados quem tem o privilégio de vê-las. O pico das jubartes no Brasil é agosto e setembro.

Animais exuberantes, que se destacam pela beleza e tamanho, podem chegar a até 16 metros de cumprimento e a pesar 35 toneladas. Confira algumas curiosidades:

  • Elas vivem nas águas geladas da Antártida e viajam para o hemisfério sul para acasalar e reproduzir;
  • O alimento básico das jubartes é o krill, que se parece com camarão;
  • Antes de migrarem para o Brasil, elas se alimentam o suficiente para acumular gordura e se manter por 4 a 6 meses, pois não se alimentam em águas brasileiras;
  • No período de reprodução, as baleias jubartes nadam sempre acompanhadas pelo filho ou pelo macho;
  • Quando estão conquistando as fêmeas, os machos criam o chamado "grupo competitivo", cantam para chamar a atenção delas, agitados, se batendo, se exibindo;
  • A gestação delas dura 11 meses. Cada jubarte tem um filhote a cada três anos, mais ou menos;
  • O filhote mama cerca de 100 litros de leite por dia e engorda de 20 kg a 30 kg por dia;
  • Ela vira adulta a partir dos 6 anos. Antes disso, é considerada juvenil, é mais curiosa e está mais exposta a riscos;
  • Geralmente, ela vai chegar na maturidade sexual aos 5 anos;
  • As jubartes mudam a linguagem, o "sotaque", com o passar dos anos. Os sons emitidos por elas mudam de geração em geração.
  • Não são agressivas;
  • A legislação do Brasil estabelece que barcos comuns fiquem a 100 metros de distância das baleias, mas é comum também que os animais se aproximem de algumas embarcações por conta própria Embarcações de grupos de pesquisa e monitoramento são autorizadas a se aproximar;
  • É proibido nadar com elas.

Com informações do G1