O momento é de atenção, e vacilos podem custar caro

Guto Galo analisa empate com Chapecoense e trajetória do Atlético rumo ao título

O momento é de atenção, e vacilos podem custar caro
Pedro Souza / Atlético

O momento é de muita atenção, onde os vacilos como os de ontem podem custar muito caro, mas felizmente o Galo continua com a sorte de campeão. Após 2 rodadas muito importantes, onde conseguiu ampliar sua distância para o Palmeiras, e mater a diferença para o Flamengo, o Alvinegro segue  isolado na ponta do Brasileirão. Contra o Internacional tivemos uma vitória na raça, extremamente importante, em momento chave. Vindo de uma eliminação dolorida para o Palmeiras na Libertadores, muito injusta por sinal, o Galo precisava da vitória para levantar o astral e seguir em frente. E que vitória importante. Após um primeiro tempo ruim, onde o time não conseguiu sair do esquema armado pelo Internacional, a equipe reagiu no final e arrancou a vitória. O craque sempre aparece nesses momentos, e nesta partida o Hulk não foi diferente. Precisou de um lance para nos dar a vantagem no jogo e arrancar a suada vitória. Outro destaque foi Keno, que saiu do banco para incendiar o time e fazer o gol. Já na partida de ontem, contra a Chapecoense na arena Condá, o Galo apresentou um futebol pobre diante do pior time do campeonato. Atrapalhado pelo gramado encharcado, o alvinegro abriu o placar e se acomodou.

Em dois vacilos da defesa viu a Chape virar o jogo e ter sua distância na liderança ameaçada. O primeiro vacilo em uma bobeada infantil do sistema defensivo, após um vacilo incrível do atacante Hulk na marcação. O segundo em um pênalti bobo de Nathan Silva, em lance que não se pode bobear em tempos de VAR. Jogadores como Hulk e Nacho mostram que estão precisando de algum descanso, que a sobrecarga que acabam tendo está pesando demais. E que péssima partida do nosso principal jogador. Hulk, normalmente tão forte nas assistências, não soltou a bola em lances chave, prejudicando algumas oportunidades claras de gol. E a quantidade de chances desperdiçadas? Quem quer ser campeão não pode dar mole como o Galo deu no jogo de ontem. No final conseguimos o empate que manteve a invencibilidade, trazendo um pontinho na mala. Fato é que não se pode perder pontos para times como a Chape, e o Galo deixou 4 pelo caminho. Apesar dos 2 pontos perdidos, fomos favorecidos pelo empate do Flamengo e a derrota do Palmeiras.

Agora é deixar essa partida para trás, aprender com os erros, e seguir na luta pelo Brasileirão. Com 2 jogos em casa o momento é importante e não podemos vacilar.

Vaaaaaamos Galo!!!