O que você precisa saber sobre a Paralisia Facial

Confira informações importantes na coluna do Dr. Alberto Rafael

O que você precisa saber sobre a Paralisia Facial
Revista Saúde

A paralisia facial é um comprometimento do nervo facial que causa assimetrias faciais e dificuldades em fazer movimentos e expressões com a face.

Os sintomas variam muito de pessoa para pessoa e vão de acordo com a extensão da lesão do nervo.  Eles podem variar desde uma paralisia parcial a uma paralisia total do rosto. Entre os sintomas mais comuns estão: 

- Ausência de movimentos voluntários dos músculos da metade afetada da face, causando perda de expressão (presença de flacidez e ausência de linhas de expressão).

- A boca ficará caída para o lado afetado.

- Dificuldade em fechar os olhos.

- Ausência ou diminuição de lágrimas e saliva.

- Olhos e boca secos.

- Ausência de paladar na parte anterior da língua do lado afetado.

- Dor facial.

- Dor no ouvido com ruídos altos.

- Falta de sensibilidade no canal auditivo

O tratamento da paralisia facial pode incluir medicamentos e fisioterapia. A cirurgia costuma ser uma opção apenas para os casos graves.

No processo de reabilitação, a fisioterapia busca exercícios que ajudam a fortalecer a musculatura facial e melhorar a circulação sanguínea no nervo, como:

  1. Abrir e fechar os olhos com força.
  2. Tentar levantar as sobrancelhas.
  3. Aproximar as sobrancelhas, formando rugas verticais.
  4. Franzir a testa fazendo aparecer rugas horizontais na testa.
  5. Dar um “sorriso grande” (sorrir mostrando os dentes).
  6. Dar um “sorriso amarelo” (sorrir sem mostrar os dentes).
  7. Dar um '”sorriso triste” (projetar os lábios inferiores).
  8. Apertar os dentes com força.
  9. Colocar uma caneta na boca e tentar fazer um desenho numa folha de papel.
  10. Aproximar os lábios como se quisesse “mandar beijo” ou fazer “um bico”.
  11. Abrir a boca o máximo que conseguir.
  12. Franzir o nariz, como se sentisse um mau-cheiro.
  13. Encher balões de ar.
  14. Fazer caretas.
  15. Tentar abrir as narinas.

Estes exercícios também podem ser feitos em casa para melhorar os sintomas mais rapidamente, mas devem ser sempre orientados por um fisioterapeuta, de acordo com cada caso. Sempre procure um profissional capacitado para tratamento e orientações.

 Como prevenir a paralisia facial?

- Cuidado com traumas fortes no rosto, proteja seu rosto de qualquer golpe.

- Evite mudanças bruscas de temperatura.

- A doença de Lyme (uma doença transmitida por carrapatos por meio de suas picadas) está relacionada à paralisia facial.  Cuide de seus animais para que esses parasitas não os afetem.

- Como a paralisia facial pode ser causada pelo Herpes simples, proteger-se durante o sexo é uma forma de prevenir a paralisia facial.