Por mais segurança pública, Governo e setor produtivo se unem em Minas

FIEMG doa kits de informática para ampliação do projeto Plantão Digital, uma iniciativa da Polícia Civil de Minas Gerais

Por mais segurança pública, Governo e setor produtivo se unem em Minas
Divulgação FIEMG

O setor produtivo mineiro, por meio da FIEMG, doou de equipamentos de informática para a ampliação do projeto Plantão Digital na última semana. Foram repassados 30 monitores, 15 computadores, 15 microfones, 15 webcams, 15 caixas de som multimídia e 60 headsets. Esses equipamentos serão disponibilizados para o projeto Plantão Digital das cidades de Santa Luzia, Sabará, Nova Lima, Contagem, Betim, Ribeirão das Neves, na região metropolitana, e Uberlândia, no Triângulo Mineiro. 

“O setor produtivo está à frente de diversas ações de melhoria do bem-estar da sociedade e a doação dos kits ao projeto Plantão Digital é uma delas. Para que o setor industrial seja próspero e competitivo, a segurança do local em que as indústrias operam, e de sua população, é essencial”, declarou Flávio Roscoe, presidente da FIEMG, pontuando que a entidade é parceira do Governo do Estado na melhoria, em todos os âmbitos, do ambiente de negócios mineiro, e que garantir a segurança da população mineira faz parte da missão da Federação.

Roscoe explicou que a primeira remessa de equipamentos doados pela FIEMG foi adquirida com recursos próprios e será usada para aparelhar as centrais do Plantão Digital. Logo em seguida a FIEMG fará uma campanha junto a indústrias de todo o estado, no intuito de torná-las parceiras do projeto, de forma a garantir que o Plantão Digital alcance mais municípios mineiros, beneficiando mais cidadãos e mais empresas, com acesso a segurança pública mais ampla.

Alcance

O delegado geral e chefe da Polícia Civil Joaquim Francisco Neto e Silva detalhou que o Plantão Digital constitui uma iniciativa inovadora, já adotada por outros estados da federação. Ele informou que 35 das 68 delegacias regionais do estado já dispõem do Plantão Digital em funcionamento, além de três delegacias de comarcas.  A intenção, divulgou, é que o Plantão Digital esteja instalado em 50 delegacias regionais até o fim deste ano.

Ele ponderou que, com os avanços da tecnologia, o que se busca com o projeto é reduzir as distâncias, com o uso da videoconferências na atividade de polícia judiciária, reduzir as dificuldades de vítimas, testemunhas e advogados em seus deslocamentos, além de otimizar o emprego da força de trabalho das polícias.

“Sem dúvidas, a parceria da FIEMG demonstra o compromisso da indústria com a segurança pública. Um estado com melhor segurança pública é um estado vocacionado ao investimento, ao desenvolvimento e ao avanço industrial”, destaca Neto e Silva.