Projeto de lei prevê multa para quem passar trote telefônico

Projeto pretende preservar o interesse público e a boa atuação da administração pública e, ao mesmo tempo, coibir infrações por parte da população.

Projeto de lei prevê multa para quem passar trote telefônico
Sarah Torres /ALMG/Divulgação
redutea
banner redutea
banner redutea


Quando alguém passa um trote, principalmente nos serviços públicos, poderá colocar vidas em risco e desperdiçar “dinheiro público”.

“Não existe dinheiro público, o que existe é o dinheiro que falta na mesa do PAGADOR DE IMPOSTOS” Margareth Thatcher (1925-2013), ou seja, estar-se-á desperdiçando o seu, o meu, o nosso dinheiro.

Atento a essa situação, o Deputado Coronel Sandro (PSL), após levantar o estratosférico número de 3000 trotes diários identificados em 2019, tomou a iniciativa de apresentar projeto de lei que pune com multa os autores de trotes telefônicos nos serviços públicos, coibindo eventuais perdas de vidas e reduzindo os custos com operações desnecessárias. O projeto já foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da ALMG, seguindo, agora, para aprovação das demais comissões.

O Deputado acredita que não terá dificuldades para aprovação e espera tratar, em breve, com o Presidente Deputado Agostinho Patrus sobre a celeridade da votação do projeto, quando da chegada em plenário, pois, as forças de segurança e emergência necessitam desse apoio.

Aguardemos o êxito da proposta, porque é inconcebível um cidadão ter esse tipo de atitude.

LEIA TAMBÉM:

7 dicas para uma melhor qualidade de vida na terceira idade

Consciência política - É bom ter

Não justifique suas dificuldades com a facilidade dos outros

Dia Nacional de Combate ao Glaucoma: visitas regulares ao oftalmologista asseguram diagnóstico precoce de doença silenciosa

Já pensou no almoço de hoje? Que tal um fantástico Suflê de Atum!

Cervejas Ale! Cervejas Lager! Sabe a diferença?