Semana Brasil: a Black Friday verde e amarela é esperança de vendas para lojistas em BH

CDL/BH incentiva seus associados a aderirem ao programa nacional de estímulo ao comércio

Semana Brasil: a Black Friday verde e amarela  é esperança de vendas para lojistas em BH
Crédito: Roman Samborskyi/shutterstock

A 2ª. edição da Semana Brasil, que começou nesta quinta-feira, dia 3, e vai até 13 de setembro, chega como uma expectativa de vendas para os lojistas da capital mineira. Considerando que os setores de comércio e serviços foram um dos mais impactados pela pandemia da Covid-19, e amargou grandes prejuízos, essa ação surge como esperança para quem enfrentou longos meses de portas fechadas. Com descontos de até 70%, a expectativa é de aquecimento do comércio, especialmente o e-commerce.

Empresas do comércio de diferentes setores, como alimentação, eletrônicos e eletrodomésticos, computadores, móveis, produtos de higiene e limpeza, cosméticos, nutrição e material esportivo já aderiram à campanha. Com o tema “Todos juntos com segurança pela retomada e o emprego”, a campanha também mostra que tem consciência de que o momento exige responsabilidade dos varejistas, e que os cuidados adotados com a saúde dos consumidores e empregados nos últimos meses devem seguir como prioridade.

Em Belo Horizonte, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL/BH) vem mobilizando seus mais de 12 mil associados a aderirem ao programa. “Sabemos da importância que essa ação tem. Se em tempos normais ela já era necessária, agora ainda mais. É uma grande oportunidade para o lojista movimentar seu estoque e ganhar fôlego para o último trimestre do ano”, avalia o presidente interino da CDL/BH, José Ângelo de Melo, acrescentando que faz um apelo aos consumidores para que prestigiem o comércio de Belo Horizonte.

A entidade disponibilizou em seu site materiais de divulgação gratuitos para os associados que irão aderir ao programa.