Supercampeões, e de alma lavada!

Coluna Guto Galo

Supercampeões, e de alma lavada!
Pedro Souza / Atlético

No último domingo o Galo venceu o Flamídia, conquistando o título da Supercopa do Brasil, título que já era nosso por direito. O sentimento foi de vencer muito mais que um título, mas vencer o sistema, a imundice e a bandidagem que assolam há tempos do futebol brasileiro. Confesso que para mim o título em si vale muito menos do que o prazer de vencer o queridinho da mídia, aquele que se criou e cresceu bancado por falcatruas, pela Globo e mamando em estatais. E para ser ainda mais prazeroso, a vitória veio com requintes de crueldade, onde eles tiveram 4 oportunidades para nos vencer, e caíram de joelhos.

Desta vez a justiça foi feita, pois seria injusto não sermos coroados Supercampeões depois de tudo que conquistamos ano passado. E foi um jogo emocionante, onde o Galo oscilou na partida dando várias oportunidades ao adversário. Mas, como sempre, brilhou a estrela do Hulk, que mostra ser o melhor jogador em atividade no futebol brasileiro. E o que dizer de Everson, herói na disputa de pênaltis? Muito criticado no início de seu trabalho no alvinegro, deu a volta por cima e se mostra peça primordial da equipe. Eu mesmo o critiquei duramente, pois realmente demonstrava muita insegurança no início. Eu estava errado, e peço desculpas ao nosso goleirão.  

Outros que merecem destaque são Nacho, nosso maestro, e os volantes Allan e Jair. Nossos volantes impressionam sempre pela qualidade e a capacidade que eles têm de dominar o meio-campo. O que jogam esses 2 é um absurdo. E olha que ainda temos Zaracho e Otávio. Comandando a orquestra temos Nacho, um monstro na armação do time. Tendo a possibilidade de iniciar uma pre temporada, descansado, tenho certeza que Nacho será ainda melhor que o ano passado. Tem que se destacar o excelente ambiente criado por El Turco Mohamed. Com humildade e carisma, conquistou os jogadores e torcida. E o mais importante foi a manutenção do esquema tático vitorioso implantado por Cuca, admitindo inclusive que não podia mudar o que deu tão certo. Está dando o seu toque e certamente teremos muitas alegrias. Agora, de alma lavada após vencer o time que personifica tudo que existe de pior no futebol brasileiro, agora é partir para cima do CSA-MG, e coloca-los em seu devido lugar.

VAAAAAAMOS GALO!!!!

As opiniões contidas nesta coluna não refletem necessariamente a opinião do portal Balcão News.

Qual é a sua reação ao ler esse conteúdo?

like
0
dislike
0
love
0
funny
0
angry
0
sad
0
wow
0
Guto Galo é atleticano de nascença, um sentimento forjado nas arquibancadas do Galo. Ser atleticano é algo que transcende o torcer para um time. Uma paixão enlouquecida, que faz de nós admirados e temidos por todos. Leia sua coluna quinta-feira no Balcão News!