Crise sem fim

Surpreendido no Mineirão, Cruzeiro segue sequência sem vencer na Série B

Crise sem fim
Bruno Haddad/Cruzeiro

A situação só piora para o time cruzeirense. Na noite que o goleiro Fábio completou 900 jogos com a camisa azul estrelada o Cruzeiro foi derrotado em pleno Mineirão, por 2x1, para o Sampaio Corrêa, que com o triunfo deixa a zona de rebaixamento e afunda os mineiros em um crise que parece sem fim.

Os visitantes logo mostraram que vieram à BH em busca da vitória, e aos 12 minutos abriram o marcador com Roney, em chute cruzado, que passou a dominar o jogo e ver um Cruzeiro estático. O time de Ney Franco pouco criava, mas em um lance de bola parada Machado ergueu para o meio da área e Manoel subiu mais alto que todo mundo para empatar, amenizando o sufoco do primeiro tempo.

Para o segundo tempo o panorama parecia o mesmo, e quem esperava uma equipe mais aguerrida do Cruzeiro, acabou vendo o Sampaio Corrêa muito bem organizado e novamente antes dos 15 minutos iniciais Caio Dantas chutou no canto da meta defendida por Fábio para marcar o gol do desempate. Com a desvantagem no placar a Raposa se lançou ao ataque, mas sem nenhuma efetividade. O sofrimento aumentava a cada minuto que passava, e o fim do jogo sacramentou a grave crise que o time vive.

Com a derrota o Cruzeiro permanece com 11 pontos, na 18ª colocação e terá mais um confronto direto, desta vez contra o lanterna Oeste, na Arena Barueri, no próximo domingo às 16h. A realidade assusta a China Azul que passa a ver o acesso á Série A cada vez mais distante.