Colé Markin! O dono de milhares de curtidas e risadas

Markin bomba nas redes sociais gravando vídeos com situações do cotidiano

Levar sorrisos e alegria em tempos de pandemia tem sido uma missão bem executada pelo belo-horizontino Marcus Vinicius Medeiros. Talvez você não o conheça por esse nome, mas bem provável que já esbarrou com seu apelido pelas redes sociais. Aos 23 anos Markin teve que se reinventar na quarentena, e a companhia de seus eletrodomésticos fizeram sua criatividade romper as barreiras de BH e ser conhecida por todo o Brasil. 

Dono do perfil @colemarkin, atualmente com 76 mil seguidores no Instagram e 36 mil no Twitter, foi trancado dentro de casa e buscando novas alternativas para criar seu conteúdo que gravou uma série de vídeos de sucesso na internet que alavancaram seu trabalho. Inspirado no youtuber Joabe Falcão, desenvolveu diálogos engraçados entre eletrodomésticos, móveis e itens de higiene que bombaram ano passado e multiplicaram seus seguidores. Hoje em dia o sucesso continua com as curtas produções que realiza de situações do cotidiano: 

“A inspiração vem do dia a dia, das coisas que passamos em casa e na rua. Situações básicas como chamar um amigo pra jogar bola já rendeu bons vídeos. Passei a pegar esses casos e trazer para a internet de uma forma bem humorada. O pessoal ri, se identifica e automaticamente vai compartilhando e comentando, aumentando engajamento e alcance... não precisa ser nada mirabolante, as vezes a ideia está na nossa frente”, comentou o humorista.

Engana-se quem acredita que as produções exigem uma grande infraestrutura. Seus vídeos são gravados no seu próprio aparelho celular, e também são editados no smartphone, logo após a captação das imagens. O tempo de produção varia do roteiro e do número de cenas, mas em média 20 minutos, com algumas mais longas chegando a uma hora. A facilidade em retratar momentos do cotiano facilitam todo o processo:  

“Sempre fui muito de brincar com a galera e sou bastante observador nas coisas rotineiras, então ficava pensando em fazer vídeos, mas sem de fato gravar e divulgar. Até que um dia tomei coragem e criei este tipo de conteúdo apenas para enviar por Whatsapp, para os amigos, e eles foram me motivando, dando corda e rindo bastante. Com esse feedback fui permitindo novas criações e eles publicando em seus perfis. Comecei com futebol, depois variedades, situações de ‘quebrada’, amizades, relacionamentos, infância, momentos na rua... Literalmente a nossa relação na favela”, explicou o artista, que mora em Justinópolis, Ribeirão das Neves, local que serve de cenário para seus vídeos.

Nos últimos meses Markin passou a dividir as produções com dois amigos que também realizam vídeos neste formato, Sasp e Farol. Juntos eles somam mais de 450 mil seguidores no Instagram:

“Eles são da mesma região que a minha, fomos nos conhecendo e alinhando a forma de trabalho. Eles já faziam vídeos assim e vimos que as ideias eram bem parecidas. Isso vai ajudando nas criações, vamos aprendendo um com os outros e cada um com seu jeito de interpretar vai valorizando ainda mais nossos materiais”. E foi ao lado deles que Markin gravou o vídeo que mais deu risadas: um casal que sai para tomar açaí e leva o amigo do namorado para acompanhar, que acaba intrometendo no relacionamento amoroso, clique aqui e assista.

Depois de um ano tão difícil, Markin espera se profissionalizar ainda mais em 2021 e continuar levando alegria para o público ao lado dos parceiros. Os vídeos engraçados continuarão bombando no novo ano, sempre levando alegria para quem acompanha, e claro, para quem faz também: “Produzir esse conteúdo melhor demais o nosso astral, principalmente nesses tempos em que precisamos distrair a cabeça, e desligar um pouco deste excesso de notícias ruins. Recebo muitas mensagens do público valorizando o que fazemos, e isso nos motiva e nos renova para continuarmos”, comemorou.

Assista mais produções do Markin em seu perfil no Instagram, clique aqui. Conheça também Sasp e Farol!