Hoje é 7 de Setembro. Dia de confusão

Hoje é 7 de Setembro. Dia de confusão

Alô a todos.

Inevitavelmente hoje é dia de “Independência ou Morte”! -

A famosa frase de Pedro de Alcântara Francisco Antônio João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Cipriano Serafim de Bragança e Bourbon. Ou, se for para simplificar DOM PEDRO PRIMEIRO. Mas hoje em dia, falar em morte é sinônimo de violência o que é politicamente incorreto. Hoje é dia da Independência do Brasil simplesmente.

Mas também é dia de manifestações de apoio ao Presidente Jair Messias Bolsonaro, ou, se for para simplificar BOLSONARO.

Mais do que isso hoje é um dia de “caso de polícia”. Senão vejamos:

Se você é contra a ROUBALHEIRA, roubo pressupõe crime que é caso de polícia.

Se você é contra o CORONEL, também está alardeando seu descontentamento com a uma patente (ou várias), além do comportamento da Polícia.

Então, minha dica de hoje é para você fazer O QUE VOCÊ QUISER.

A única coisa descabida é NÃO deixar os casos de polícia com a própria polícia. Estou vendo velhas amizades se desfazendo porque um é da esquerda outro é da direita. Estou testemunhando parentes se digladiando porque um está de um lado outro está de outro. Isto para mim é ESTUPIDEZ.

O que vale na vida é manter as velhas amizades, cultivar a vida em família, enfim, promover confusão apenas no campo das ideias. Quem parte para violência pela violência é apenas um cidadão (cidadã) inseguro (a) e mal resolvido. Quer ir para as ruas expor seu lado, vá, não faça com que a covardia de não querer se meter, atrapalhe as suas convicções.

Se quiser ficar em casa, no sossego do seu lar, sem se arriscar por causa de uma questão que você julga não ser do seu mais absoluto interesse, não se arrisque. Aproveite o feriado e deixe o resto com a polícia.

Sim. Sou de formação direitista e desde criança fui criado por um militar, ex –

combatente do exército e dentro de uma formação católica rígida e metódica.

Por isso aprendi uma série de valores que levo para minha vida como exemplos que recebi. Mas tenho grandes e bons amigos que preferem um viés esquerdista.

O que eu faço com isso? Discuto, argumento, mas principalmente OUÇO.

Porque ouvir o seu oponente é simplesmente deixar que ele nos dê argumentos para o contraditório.

Quando vejo os bufões raivosos da nossa política, tentando ganhar no grito uma discussão, meu sentimento é de pena. O PIOR sentimento que um ser humano pode nutrir pelo outro. Simplesmente porque o grito não serve para nada, a não ser para extravasar nossa raiva.

Se você é de um time, vai deixar de sê-lo porque o outro grita o nome do time dele? Ou, de alguma forma até te ofende com a opinião própria? Ah... Seja inteligente. Seja sábio.

TODOS nós temos nosso lado Hight Society (Alta Sociedade) e temos o nosso Side Dark.(Lado escuro). Deixe-os aflorar, mas JAMAIS parta para uma ignorância imbecil e sem sentido.

Acho ridículo os pseudointelectuais com uma vontade imensa de impor uma ideia apenas criticando a outra diametralmente contrária.

Por um motivo simples: NÃO ADIANTA.

Como disse Cortela, quando você está dirigindo um carro, você sabe que tem um para-brisa e um retrovisor.

O que você deve perceber é que o retrovisor é menor que o para-brisa. Porque passado é referência, não é direção. Tem gente que dirige sua vida com um retrovisor enorme e um para-brisa minúsculo e vive dizendo: - Ah se eu pudesse... Ah no meu tempo... pare de ser arrogante!

No seu tempo você não faz NADA, porque seu tempo é hoje.

Se você quer conhecer alguém arrogante pergunte aos seus amigos qual deles já leu um livro do filósofo MAIOR da humanidade chamado Sócrates. Vai ter sempre o arrogante dizendo que já leu. Só que tem um detalhe: Sócrates NUNCA escreveu um livro. Tudo o que ele dizia era escrito posteriormente por Platão com a devida citação de autoria. Como estamos fazendo aqui e agora. Quando citei o Professor de Filosofia Mário Cortela, não me diminuí em nada. Apenas assumo que o ouvi. E ouvir é uma grande arte. Ouça mais e vai perceber quanta gente ignorante existe no universo.

Pare de repetir que ouviu isso em qualquer lugar, que sua opinião é formada pelos seus estudos, pela sua academia. Sua opinião, ou pode ser formada por uma experiência própria, ou pela análise do que você ouviu DE DUAS OPINIÕES DIFERENTES.

Quer se vestir de verde-amarelo defender o presidente? SAIA! Mas saia convicto da sua opinião pelo que você REALMENTE SABE. Quer vestir vermelho, defender o comunismo? Defenda. Mas defenda com o que você REALMENTE SABE.

Hoje é dia da Independência do Brasil, do reino de Portugal. Mas, principalmente é dia da SUA independência do reino da ignorância.

Faça o que você quiser. Você só tem UMA vida. Aproveite-a ou desperdice-a, mas por você mesmo.

Nós somos a mosca que sobrevoa a b*[email protected] do cavalo do bandido de um filmezinho trash que passa na madrugada.

Faça um bem a si próprio. Mesmo que não seja NADA.

Saia às ruas. Ou fique em casa. Mas não se permita ser uma massa fedorenta de manobra deste ou daquele lado. O Brasil não merece essa ignorância. Você não merece este rótulo de IDIOTA.

Até a próxima semana.

As opiniões contidas nesta coluna não refletem necessariamente a opinião do portal Balcão News.

LEIA TAMBÉM:

Cerveja Puro Malte – Entenda e Beba Melhor

O que fazer quando o estresse e a ansiedade te perseguem?

Coluna Alma Alvinegra: Acorda Galo, querem nos tirar as glórias na mão grande

A laranja podre

É brincando que se aprende

As marcas deixadas pela Covid-19 em jogadores de alta performance

Lentes de contato noturnas corrigem a miopia de dia

Coluna Squadra Celeste: Na conta do sobrenatural