Ciro diz se arrepender de ter lutado contra impeachment de Dilma: “Incompetente e presunçosa”

O pedetista e a ex-presidente discutiram nas redes sociais. Ciro ainda acusou Lula de ter "conspirado" pelo impedimento de Dilma

Ciro diz se arrepender de ter lutado contra impeachment de Dilma: “Incompetente e presunçosa”
Metropoles

O pré-candidato a chefe do Executivo federal Ciro Gomes (PDT-CE) reagiu às críticas feitas pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT) nas redes sociais. Ele declarou que cometeu um erro ao lutar contra o impeachment da petista, em 2016. O pedetista ainda a classificou como uma das pessoas mais “incompetentes, inapetentes e presunçosas” que já chefiaram o Palácio do Planalto.

"Na vida nunca menti. Mas errei algumas vezes. Uma delas quando lutei contra o impeachment de uma das pessoas mais incompetentes, inapetentes e presunçosas que já passaram pela presidência. Claro, que estou falando de você, Dilma."

Mais cedo, a ex-presidente havia acusado Ciro de mentir “de maneira descarada”. Dilma atribuiu a esse comportamento o baixo desempenho do pedetista nas pesquisas eleitorais.

“Ciro Gomes está tentando de todas as formas reagir à sua baixa aprovação popular. Mais uma vez mente de maneira descarada, mergulhando no fundo do poço. O problema, para ele, é que usa este método há muito tempo e continua há quase uma década com apenas 1 dígito nas pesquisas”, declarou a ex-presidente em suas redes.

"Ciro Gomes está tentando de todas as formas reagir à sua baixa aprovação popular. Mais uma vez mente de maneira descarada, mergulhando no fundo do poço. O problema, para ele, é que usa este método há muito tempo e continua há quase uma década com apenas 1 dígito nas pesquisas."

O post de Dilma se referiu a uma entrevista dada pelo pedetista ao jornal O Estado de S. Paulo, na qual Ciro acusa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que deve se candidatar à Presidência da República pelo PT, de ter conspirado para a cassação da ex-presidente.

Ciro citou os contatos recentes de Lula com o senador Renan Calheiros (MDB-AL) e o ex-senador Eunício Oliveira (MDB-CE), que à época apoiaram e votaram a favor do impeachment de Dilma.

“Eu atuei contra o impeachment, e quem fez o golpe foi o Senado Federal. Quem presidiu o Senado? Renan Calheiros. Quem liderou o MDB nessa investida? O Eunício Oliveira. Com quem o Lula está hoje?”, iniciou. “Hoje eu estou seguro de que o Lula conspirou pelo impeachment da Dilma, estou seguro”, afirmou.

O post Ciro diz se arrepender de ter lutado contra impeachment de Dilma: “Incompetente e presunçosa” apareceu em Metrópoles.